Ações GRND3: Dividendos, Fundamentos e Cotação

GRND3 é o código das ações ordinárias da empresa Grendene. Se você quer saber tudo sobre esse ativo, então está no lugar certo!

Aqui no blog já fizemos análises sobre a ITSA4, BBSE3 e até mesmo da UNIP6. Analisar ações e ajudar você a escolher o melhor investimento está no DNA do blog Lucrando na Bolsa.

Por enquanto, só estou falando aqui no blog sobre ativos nos quais eu invisto e, por esse motivo, tenho autoridade para compartilhar com você minhas análises sobre fundamentus, dividendos e possível valorização da cotação das ações das empresas.

GRND3

Gostaria de deixar claro que os artigos aqui do Blog não recomendam a venda ou compra de ativos.

Continue comigo neste artigo e veja tudo sobre as ações GRND3, vou compartilhar contigo a minha análise sincera para ajudar você a decidir se a Grendene é um bom investimento ou não.

Não esqueça de se cadastrar no topo do Blog para receber agora mesmo o Ranking Atualizado das Melhores Empresas Pagadoras de Dividendos, sob a análise feita pelo Guia Invest.

GRND3: Como a Grendene Ganha Dinheiro?

A primeira coisa que você precisa saber sobre uma empresa é sobre como ela ganha dinheiro. Isso vale para qualquer empresa e para qualquer setor.

Hoje a Grendene conta com 11 fábricas, mais de 50 marcas e mais de 20 mil funcionários. Visitando o site oficial da empresa, conseguimos extrair algumas informações importantes. Lembre-se que acessar o site e o RI das empresas é o dever de casa básico de todo investidor.

Fazendo isso você irá dar um passo essencial para ter sucesso que é conhecer bem a atividade principal das empresas.

Vejamos o que diz no site da Grendene sobre a história da empresa:

“Em 1971 os irmãos Pedro e Alexandre Grendene Bartelle fundaram a Plásticos Grendene Ltda em Farroupilha (RS).
Atentos às possibilidades do plástico na indústria, iniciaram a fabricação de embalagens plásticas para garrafões de vinho, até então feitos em vime. 

Em seguida, iniciou a fabricação de peças em plástico para máquinas e implementos agrícolas. E, na sequencia, tornou-se fornecedora de componentes para calçados, sendo pioneira na utilização da poliamida (nylon) como matéria-prima para a fabricação de solados e saltos para calçados.
A primeira sandália surgiu em 1978, chamada Nuar.
Em 1979 era lançada a coleção de sandálias plásticas com a marca “Melissa, inspirada nos calçados utilizados por pescadores franceses.
 
Hoje, a Grendene comercializa os seus produtos para o mercado interno e externo, conta com mais de 24 mil funcionários e seis unidades: Farroupilha, no Rio Grande do Sul, Fortaleza, Sobral e Crato, no Ceará e Teixeira de Freitas, na Bahia.
Além de três lojas conceito de Melissa, uma em São Paulo, em Nova Iorque e Londres.”

Resumindo:

A Grendene ganha dinheiro vendendo calçados. Em 2013, ela foi eleita a maior exportadora do Brasil no segmento, segundo dados da wikipédia.

Entre as principais marcas da GRND3 temos:

  • Melissa
  • Ipanema
  • Rider
  • Grendene Kids
  • Zaxy
  • Cartago
  • Grendha

GRND3 Cotação

A cotação atual das ações da GRND3 é 7,59 (hoje dia 19/10/2019), as chances são que, se você estiver lendo esse artigo muito tempo depois dessa data, a cotação pode (e deve) estar mais alta. A cotação da GRND3 chegou a passar dos 8 reais durante esse ano, mas devido à fatores econômicos e políticos, vimos diversos ativos da bolsa despencarem.

Isso não quer dizer que a empresa tenha perdido seus fundamentos ou se tornado um investimento ruim.

A bolsa de valores costuma variar mesmo e isso é normal, afinal de contas, estamos falando de “renda variável”, né?

Variações

Dia +0,92%
Semana Atual +4,66%
Últimos 7 dias +4,66%
Mês atual +13,52%
Últimos 30 dias +7,61%
2018 16,46%
Últimos 365 dias 8,83%

No momento, vemos a Grendene e outros ativos em franca recuperação, e a expectativa para 2019 é de alta para a GRND3.

Fundamentos

GRND 3 cotação

Aqui está a principal arma do investidor de longo prazo. Os fundamentos de uma ação fazem você correr menos risco porque, caso eles não se mantenham no longo prazo, você pode vender as ações e evitar perder dinheiro em uma empresa que não está dando lucro ou endividada.

Veja abaixo os principais fundamentos da GRND3:

  • P/L: Esse fundamento está diretamente ligado a quanto tempo (em anos) o investidor irá recuperar o seu investimento. O P/L atual da Grendene é de 11,03, vale lembrar que esse número pode variar de acordo com o valor da ação.
  • P/VP: Esse indicador é uma relação entre o valor de mercado da companhia e o valor atual da ação. Se o número for menor do que 1 significa que a empresa está “barata”. No entanto, um número maior do que 1, pode significar que o mercado precificou a ação em um valor maior do que ela realmente vale. Aqui cabem diversas interpretações, mas investir em empresas com P/VP menor do que 1 é uma forma de se precaver de possíveis riscos. O P/VP atual da GRND3 é: 2,14.
  • VPA: Esse é o valor patrimonial da empresa dividido pela quantidade de ações. O VPA atual das ações da Grendene é: 3,55.
  • ROE: Esse indicador é muito utilizado para analisar ações de banco, mas vale também para outros setores. Nada mais é do que o retorno sobre o patrimônio líquido, ou seja,  lucro líquido divido pelo patrimônio líquido. Segundo analistas, um ROE médio/bom é acima de 10%. O indicador atual da empresa é de 19,4%.
  • Margem Líquida: A margem líquida é o lucro líquido dividido pela receita líquida. Exemplificando, é quanto sobra para a empresa depois de pagar tudo. Digamos que a empresa invista 1000 reais e tenha 200 reais de lucro. Nesse caso, a margem de lucro é de 20%. Hoje a margem líquida da GRND3 está em 27%.

Existem diversos outros fundamentos que devem ser analisados, como o endividamento da empresa, Lucro por ação, e EBITDA. Mas como já falei sobre os principais, vou deixar eles para uma outra análise.

GRND3 Dividendos

“As ações da Grendene são boas pagadoras de dividendos?”

Essa é uma dúvida comum entre quem investe em ações na condição de sócio ou parceiro, como diz o guru dos dividendos Luiz Barsi.

Eu mesmo gosto muito de investir nessas empresas que pagam dividendos com frequência, assim não preciso ficar me preocupando com o sobe e desce da bolsa.

Foco no longo prazo!

Analisando o DY (Dividend Yield) da Grendene vemos que ela não é, atualmente, uma grande pagadora de proventos. O DY atual da companhia é de 5,3%. Isso significa que, a cada 100 reais investidos na empresa por ano, você irá receber 5,30 em dividendos.

Outro fator importante que precisamos nos atentar quando falamos sobre dividendos é o payout.

O payout nada mais é do que quanto a empresa distribui de lucros em forma de dividendos.

Exemplo: Uma empresa tem 1 milhão de reais de lucro e distribui aos seus acionistas o valor de 800 mil reais em dividendos. Nesse caso, o payout da companhia é de 80%.

Devemos ter muito cuidado com empresas que possuem payouts superiores a 100%. Nesse caso, ou a empresa está distribuindo mais do que lucra (ficando sem dinheiro para investir na empresa) ou ela está tirando dinheiro de onde não tem (contraindo dívidas).

O payout atual da Grendene é de 60%, ou seja, a cada 100 reais de lucro, ela distribui 60 reais para os acionistas em forma de dividendos.

A Grendene dá Lucro?

Nunca invista seu dinheiro em uma empresa que não dá lucro. Essa é uma regra básica de todo investidor de sucesso.

A resposta é SIM. A Grendene dá muito lucro.

Veja o gráfico abaixo que mostra um crescimento constante na receita líquida da GRND3:

GRND3 lucro

Agora, dá só uma olhada nesse outro gráfico que mostra o crescimento do lucro líquido da empresa:

grnd3 guia invest

Parando para analisar vemos que, lá em 2008, o lucro era de aproximadamente 100 milhões. Já em 2017 e 2018 esse lucro chega bem perto dos 700 milhões.

Sempre procure por empresas que tenham um lucro crescente ao longo do tempo, de preferência com aumento de lucros nos últimos 10 anos.

Se o lucro aumenta, é grande a chance do valor da cotação da empresa também aumentar. Eu vou te provar isso logo na imagem abaixo:

grnd3 gráfico

Você viu que em 2018 a cotação da GRND3 era de 3,75?

A partir disso, o gráfico vai subindo, principalmente a partir de 2012, chegando a bater os 8 reais em 2018.

Regra básica: Se os lucros aumentam, a cotação também aumenta!

Resultados Trimestrais

Como eu já falei acima, é através do RI da Grendene que você tem acesso aos resultados trimestrais e outras informações relevantes. Mas, além disso, é importante você assistir a vídeos de análises para entender melhor tantos números divulgados pela empresa.

Um dos vídeos da GRND3 que eu recomendo é o da análise do 2 trimestre de 2018 feita pela Vicente Guimarães, vou deixar o vídeo abaixo para você dar uma olhada!

Minha opinião sincera sobre GRND3 dividendos

Eu já analisei diversos indicadores da Grendene, inclusive vou falar sobre eles ainda nesse artigo. O que me fez investir nessa empresa é o grande potencial de valorização que ela tem por ser um ativo que custa menos de 10 reais.

No entanto, eu acabei sendo surpreendido em 2018 com 3 distribuições de dividendos pela Grendene. Acredito que, nos próximos anos, a companhia deve aumentar muito o seu Dividend Yield (algo entre 8 e 10%), se tornando uma das melhores pagadoras de proventos da Bovespa (B3).

Por aqui vou seguir com meus aportes na Grendene com foco total no longo prazo, investindo na condição de sócio para aproveitar os lucros crescentes da empresa.

GRND3 RI

Como eu já falei anteriormente, acessar o RI da Grendene é o seu dever de casa, pequeno gafanhoto. Lá, você terá acesso a diversas informações, como:

  • Resultados Trimestrais
  • Histórico da Empresa
  • Governança Corporativa
  • Apresentações e Teleconferências
  • Informações financeiras
  • Informações aos investidores
  • Outras informações e serviços

O site de Relação com Investidores funciona como um guia para você que está pensando em investir nas ações GRND3. Inclusive, é possível agendar visitas nas empresas, como o programa Fábrica Aberta da Unipar. O objetivo é ajudar o pequeno investidor a entender como funciona a operação da empresa e fazer ele investir, cada vez mais, o seu dinheiro nela.

Através de Central de Downloads você terá acesso a todo o material necessário para estudar sobre a empresa antes de se tornar sócio dela. Esse é um passo fundamental para obter sucesso ao investir em qualquer tipo de empresa.

Quanto mais você conhece a companhia e o setor de atuação, mais chances você terá de lucrar com ela no longo prazo através da análise fundamentalista.

GRND3 no longo prazo

grnd3 dividendos

Quando você investe em ações com foco no longo prazo dificilmente irá perder dinheiro. A análise fundamentalista existe, justamente, para minimizar os seus riscos ao investir de forma consciente.

Você precisa analisar a Grendene e ver se, ao longo do tempo, ela vai manter os bons fundamentos que possui atualmente.

Por exemplo, se o dividend yiel da empresa cair para 3 ou 4%, será necessário avaliar se não existem outros ativos com esse indicador mais alto para quem quer viver de renda.

Outro indicador importante é o lucro, você não deve continuar investindo em uma empresa que está dando prejuízo, concorda?

O que eu quero que você entenda é que a visão do investidor não deve ser no agora, mas sim no longo prazo.

Como vão estar as ações da Grendene daqui a 5 ou 10 anos?

Se a empresa continuar gerando lucro e valor, as chances são que você será muito beneficiado ao longo dos anos por ser sócio da empresa.

Conclusão

Ao escolher investir nas ações GRND3 não seja imediatista. Acompanhe a evolução e o crescimento da empresa.

Literalmente “vista a camisa” e crie o senso de sócio da companhia. Esse é um dos pilares essenciais para acumular patrimônio e ser um investidor de sucesso no longo prazo.

Agora que você já viu tudo sobre a cotação, fundamentos, dividendos e outras informações da GRND3, basta ter calma e se preparar para virar parceiro dessa excelente empresa.

Novamente vale ressaltar que nesse artigo não indicamos a compra ou a venda das ações da empresa, nosso intuito é apenas informar você sobre o cenário atual da companhia.

Se você está em dúvida se vale a pena ou não investir na Grendene, recomendamos que leia os relatórios de casas de análises independentes, como a Suno Research, Empiricus ou outras.

E aí, o que achou desse artigo?

Compartilha comigo aqui nos comentários a sua dúvida, crítica ou sugestão de tema para os próximos artigos!

Latest Comments

  1. Regina Souza abril 7, 2019
    • Guilherme Silveira abril 9, 2019

Leave a Reply